Trabalhadores informais, microempreendedores e pequenos empresários podem obter até 20 mil reais de empréstimo no Banco do Empreendedor de Campina Grande do Sul
07/04/2020 Governo

Com o objetivo de estimular o desenvolvimento econômico do município em meio a pandemia do coronavírus, que já provoca reflexos na economia local, a Prefeitura de Campina Grande do Sul faz questão de lembrar que microempreendedores podem acessar linhas de crédito por meio do Banco do Empreendedor.

 

O Banco do Empreendedor funciona na Sala do Empreendedor, que é um espaço cedido pela Prefeitura de Campina Grande do Sul, anexo à Agência do Trabalhador, no Jardim Paulista. No local funciona a Fomento Paraná, instituição financeira administrada pelo governo do estado.

 

O que é e como funciona a o microcrédito? 

O Microcrédito Fácil é uma linha para empreendedores informais, microempreendedores individuais, pequenos empresários e profissionais liberais. A linha é destinada a quem tem um faturamento de até R$ 360 mil por ano, que precisa realizar investimentos em sua empresa, bem como capital de giro para equilibrar o caixa de seu negócio e alavancar sua atividade.


Como funciona o processo de adesão e quais os critérios?

O Microcrédito Fácil é uma linha presencial. O cliente precisa entrar em contato diretamente com a Sala do Empreendedor. Para pleitear uma linha de crédito junto a Fomento Paraná, é necessário apresentar um projeto e também um avalista, o qual por meio de sua comprovação de renda, CPF “limpo”, conforme explica Maria Cristina Moreira da Silva, oficial administrativo da Sala do Empreendedor, no Jardim Paulista. “O avalista não pode possuir restrição junto a órgãos como o SCPC, SERASA ou CADIN - Cadastro de Inadimplentes do Estado do Paraná”, comenta.  

 

Quais os valores que podem ser obtidos? 


Valor do Crédito para Empresas

Início de Atividade – menos de 12 meses de atividade – até 5 mil reais

Consolidação – menos de 12 meses de atividade + a soma do tempo formal e informal – até 10 mil reais

Expansão – mais de 12 meses de atividade – até 20 mil reais

 

Valor do Crédito para Pessoa Física

Menos de 12 meses de atividade – até 5 mil reais

Mais de 12 meses de atividade – até 10 mil reais

 

PARCELAS – A modalidade Microcrédito Fácil possibilita que as parcelas sejam pagas em até 33 meses, com 90 dias de carência. As taxas de juros variam entre 0,76% e 1,42% ao mês.


RECUPERA – O secretário municipal de Governo, Comunicação e Desenvolvimento Econômico, André Luís dos Santos, lembra que recentemente, o governo do estado lançou um programa denominado “Paraná Recupera”. Segundo ele, a medida contempla um conjunto de linhas emergenciais de capital de giro “destinadas à manutenção de salários e empregos em empreendimentos informais, MEI, micro e pequenas empresas em razão dos efeitos do coronavírus na economia paranaense”.

 

SERVIÇO – Mais informações podem ser obtidas por meio do contato de plantão da Agência do Trabalhador de Campina Grande do Sul, via fone / Whatsapp: 99648-6481.