Com crianças fora das escolas por causa da pandemia, chances de casos de abusos sem denúncias aumentam
Conselho Tutelar de Campina promove campanha alertando a população para casos de violação de direitos de crianças e adolescentes
20/05/2020 Social

Por conta do isolamento social, medida adotada para minimizar os impactos da pandemia do novo coronavírus (COVID – 19), o Conselho Tutelar de Campina Grande do Sul, este ano chama a atenção para a campanha do “Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes” de uma forma diferente.

 

É que até então, justamente no ambiente escolar que episódios de violação aos direitos das crianças e adolescentes eram na maioria das vezes identificados. “As crianças, na escola, têm socorro. As professoras percebem marcas no corpo, mudanças de comportamento e até mesmo colhem informações que levam a ação do Conselho Tutelar”, explica a secretária municipal de Desenvolvimento Social, Família e Cultura, Fabiana Zanetti.

 

Tal percepção vai ao encontro do que acredita Marcia Pavelik Hathy, presidente do Conselho Tutelar de Campina Grande do Sul. Segundo ela “é preciso cultivar o hábito de denunciar qualquer situação suspeita de violação aos direitos das crianças e adolescentes”.

 

Os membros do Conselho Tutelar Raphael Coimbra, Ana Paula Dalagrana, Ketlen Caroline e Lucimari Casanova ressaltam o quão importante é que todos estejam atentos ao comportamento das crianças. “Muitas vezes, até mesmo sem querer, a sociedade é omissa. Isso acontece, por exemplo, quando ouvimos com muita frequência o filho de um vizinho chorando, mas não nos importamos, talvez por pensarmos que não é problema nosso. Pode ser que justamente ali haja um caso de agressão recorrente e é aí onde faz todo sentido o papel do Conselho Tutelar”, lembram os membros titulares do Conselho.

 

Este ano, a unificação das ações denominada “Fique em Casa e Faça Bonito”, serve para lembrar que, apesar dos protocolos de saúde adotados por autoridades sanitárias, diante da pandemia, mesmo com o isolamento e distanciamento social, a luta em prol das causas que envolvem a proteção às crianças e aos adolescentes é de toda a sociedade.

 

O objetivo da ação promovida pelo Conselho Tutelar é mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos de crianças e adolescentes, além de e chamar a atenção para que as pessoas denunciem qualquer situação suspeita diante da vulnerabilidade de menores de idade.

 

DENUNCIE – Informações e denúncias sobre violações de direitos de crianças e adolescentes, podem ser realizadas por telefone fixo: 3676-8091, celular (plantão): 9 9192-5552 e o serviço “Disque 100”, também via telefone. Toda e qualquer denúncia pode ser realizada anonimamente. O importante é não deixar de ser realizada. O Conselho Tutelar de Campina Grande do Sul está em novo endereço: rua Coronel Monteiro, nº 335, na Sede do município.

 

FAÇA BONITO - A Campanha “Faça Bonito”, do dia 18 de Maio - “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”, instituído pela Lei Federal 9.970/00, é uma conquista que demarca a luta pelos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes no território brasileiro e que já alcançou muitos municípios do nosso país.

 

Esse dia foi escolhido porque em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. O crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje está impune.