Sinônimo de progresso, rua Professor Duílio Calderari tem obras concluídas
Com melhor infraestrutura, o maior objetivo é a atração de investimentos para geração de empregos
02/06/2020 Engenharia

As obras na rua Professor Duílio Calderari, no Jardim Paulista estão concluídas. O emblemático corredor de acesso da cidade contabiliza intervenções de drenagem, calçadas em paver, pavimentação, paisagismo, espaços adequados para estacionamento, sinalização horizontal e vertical, alargamento de pista e a implantação de três rotatórias, nos entroncamentos com as ruas Ângelo Antonio Zanchettin, Leonardo Francischelli e José Sbalcheiro.

 

O prefeito Bihl Zanetti é convicto de que qualquer empresário, principalmente no ramo do varejo, busca investir em locais onde o progresso seja evidente. Como é o caso da rua Professor Duílio Calderari. “Atrás da infraestrutura vem o investimento e, em seguida, empregos e renda. É o que sustenta Campina Grande do Sul hoje e sustentará no futuro também”, ressalta Bihl.

 

Diante da conclusão das obras, o prefeito comemora o que para ele é símbolo de uma conquista. Bihl lembra o quanto foi difícil desatar os nós que possibilitassem o andamento das melhorias na “Duílio”, como é chamada pelos campinenses. Segundo ele, a batalha foi intensa para destravar processos burocráticos. “Foi uma vitória. Para que chegássemos até aqui, com a conclusão das obras na Duílio, tivemos que lutar muito para manter o convênio com o governo federal. Foram várias idas a Brasília até garantirmos  a liberação dos recursos”, descreve Bihl Zanetti.

 

A situação, segundo o prefeito, chegou a um ponto, que para as obras terem andamento foi preciso pedir para a Caixa Econômica Federal – instituição financeira incumbida de receber os valores do Tesouro Nacional e repassar ao município, mediante o convênio até então existente – autorização para que o município pudesse adiantar os investimentos previstos no repasse federal, relegando ao Ministério da Infraestrutura a “obrigação de reembolso”.

 

“Tivemos de agir com coragem. Com a saúde financeira da prefeitura em dia, adiantamos recursos próprios para que o projeto fosse concretizado e os trabalhos efetivamente iniciassem. Hoje vemos que valeu a pena. A obra está concluída e o governo federal honrou com sua parte”, atesta Bihl.