Parceria com estado reforça ações de combate à COVID-19 ao longo da BR 116, em Campina Grande do Sul
Equipes volantes percorrem localidades às margens da rodovia em busca de pacientes sintomáticos para realização de testes

A Prefeitura de Campina Grande do Sul, em conjunto com o governo do estado, passou a reforçar a fiscalização de medidas contra a pandemia do novo coronavírus às margens da BR 116, em boa parte do trecho que compreende a jurisdição do município, da divisa entre os estados do Paraná e São Paulo até o quilômetro 70, no início da rodovia do Contorno Leste. A iniciativa inclui trabalhos de orientação a população moradora nas localidades pertinentes, e até mesmo testagem com eventuais portadores dos sintomas da COVID-19 nessas regiões.

 

A ação foi definida na quarta-feira (20), durante reunião no gabinete do prefeito Bihl Zanetti. O encontro contou com a presença da secretária municipal de Saúde, Andiara Cristina Bandeira Filippin, os diretores da 2ª Regional de Saúde da Secretaria Estadual de Saúde (Sesa), Cézar Verona e José Dalmi Dissenha e o coordenador responsável pelas ações de saúde nas divisas do estado, Osvaldo Tchaikovski Junior.

 

O alinhamento dos trabalhos entre o município e o estado resultou de imediato na formação de equipes volantes para percorrerem localidades sem deixar de lado medidas de combate preventivo a doença.

 

“Devemos lembrar o tempo todo às pessoas que o uso de máscaras, o ato contínuo de lavar bem as mãos, a utilização de álcool em gel e o distanciamento social continuam sendo as únicas formas de diminuir os riscos de contágio da doença”, lembra a secretária de Saúde Andiara Cristina Bandeira Filippin, acrescentando que a iniciativa não tem um período previsto para término.

 

O prefeito Bihl Zanetti destacou a importância da iniciativa e os efeitos positivos que por meio dela podem ser observados. “Campina Grande do Sul é corredor de passagem do estado de São Paulo , epicentro da pandemia em todo o Brasil. É pela BR 116, na divisa, que está a porta de entrada para a região Sul do país. O secretário estadual de Saúde, Beto Preto, designou ao nosso município este apoio, manifestando sua preocupação com a situação vivida por Campina. Somos gratos por isso”, pondera Bihl Zanetti.

 

A ação, lembra Bihl Zanetti, ajuda a prevenir e identificar casos da COVID-19, contribuindo para que o controle da pandemia seja mais eficaz. “Ao visitarmos as comunidades, postos de combustíveis, restaurantes, borracharias e demais estabelecimentos comerciais nas proximidades da rodovia, podemos proteger mais a população”, conclui o prefeito.

 

CASOS – Em Campina Grande do Sul, o número de casos confirmados do novo coronavírus é de 21 registros, com nove recuperações e três óbitos. Os dados foram confirmados pelo último boletim epidemiológico da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), atualizado nesta sexta-feira (22).

Ver a notícia completa