Prefeitura aciona Copel e solicita agilidade no atendimento a população de Campina Grande do Sul
Estatal informa que este foi o pior evento climático já enfrentado pela companhia

A Prefeitura Municipal de Campina Grande do Sul informa que por ocasião da tempestade com ventos de intensidade forte e com chuvas de intensidade média ocorrida na terça-feira (30), acionou a Copel  - Companhia Paranaense de Energia Elétrica, para que dentro de sua disponibilidade atenda as diversas ocorrências envolvendo a queda de energia elétrica e avarias de postes.

 

A Prefeitura informa à população que equipes da Secretaria Municipal de Infraestrutura, dentro de suas atribuições, estão agindo para atender as demandas da comunidade, diante do problema. Porém, no que se refere a rede elétrica, ficam as mesmas impedidas de atuar, dados os riscos em função das tensões de eletricidade, cujo manuseio compete única e exclusivamente a Copel.

 

Segundo a Copel, mais de mil eletricistas continuam trabalhando para restabelecer energia a 241 mil unidades consumidoras, a maioria na Região Metropolitana. Os estragos causados na rede de energia caracterizam o pior evento climático já enfrentado pela companhia.

 

DEFESA CIVIL  E AÇÃO SOCIAL - Até o momento, a Defesa Civil em conjunto com equipes da Secretária Municipal de Desenvolvimento Social, Família e Cultura de Campina Grande do Sul atenderam várias ocorrências no município. Foram 18 residências, com cerca de 80 pessoas afetadas e outras sete desalojadas, em razão de destelhamentos. Os bairros mais atingidos foram o Jardim Nesita, Nova Campina, Eugênia Maria, Ipanema, Jacob Ceccon, Jardim Paulista e Cacaiguera.

 

Três prédios públicos também foram afetados pelas tempestades: Secretaria Municipal de infraestrutura,  Ação Social e Colégio Estadual João Maria de Barros. Ambos com danos parciais na cobertura.

 

Ocorrências de quedas de árvores sobre vias públicas e sobre a rede elétrica também foram registradas e atendidas. 

Ver a notícia completa